quinta-feira, 31 de dezembro de 2009

Ceia de Ano Novo

E não é que o Porco está com tudo na passagem de Ano Novo ? Feijão doce no Japão, lentilhas no Brasil e arroz no mundo todo, os itens da Feijoada são um sucesso neste período ! Repare nas dicas para uma ceia de sucesso, mas lembre que o mais importante mesmo é a qualidade do pensamento que vc vibra e o sentimento que vc abriga no seu coração. Isto sim será determinante para um Ano Realmente Novo para todos ! Que assim seja ! Boas Entradas !


A ceia de Ano Novo traz, em sua comida e sua forma de servir, muitos significados. A começar pela fartura, pela imensa quantidade de comida que geralmente encontramos à mesa nessa ocasião, que reflete não só um momento de abundância e felicidade, mas o desejo de que as mesmas se repitam em todo o ano que está por vir.

Os pratos servidos também têm seus significados e tradições. Eles variam de acordo com o país e cultura. Abaixo, uma lista com os alimentos que são servidos nas ceias ou que carregam alguma significação na passagem do ano.

Arroz
O arroz é uma semente e simboliza a riqueza, a abundância e a fertilidade. Coréia, Japão, Líbano e Dinamarca acreditam que esse é um alimento que traz muita sorte. O Líbano tem ainda uma outra curiosidade, é costume desse povo comer apenas alimentos brancos na noite da passagem do ano.

Aves
Passe longe de frango, peru, faisão ou qualquer tipo de ave se quer ter algum sucesso no ano que vem! As aves ciscam para trás e, para os supersticiosos, isso indica retrocessos e atraso de vida.

Champanhe
Essa bebida também é feita com uvas, e é uma bebida que não pode faltar na ceia e no brinde de Ano Novo. O champanhe “verdadeiro” é originário de uma região da França, e sua pureza e qualidade são reconhecidas no mundo todo. O único problema é que essa é uma bebida cara, mas você pode substituí-la por espumantes nacionais ou importados, de quase igual qualidade e mais baratos.

Lentilhas
A lentilha é sinal de boa sorte, principalmente para os italianos. No Brasil e no Chile, algumas pessoas acreditam que a lentilha deve ser a primeira coisa a ser consumida na ceia, logo após a meia-noite, para que não falte dinheiro durante o ano que está chegando.

Porco e leitão
O porco está sempre andando e fuçando para frente e, por isso, é visto como um animal de prosperidade. Além disso, seu alto teor de gordura nos remete à fartura e à riqueza.

Romã
A romã é símbolo de fartura e fertilidade. Ela é uma fruta que tem muitas sementes, que simbolizam o nascimento e a abundância. No Brasil, a tradição manda que se segure três sementes dessa fruta nos dentes à meia-noite, pedindo dinheiro para o ano seguinte. As sementes devem ser guardadas durante todo o ano, dentro da carteira e envolto em papel branco.

Uvas
A uva é a fruta mais conhecida por trazer boa sorte no Ano Novo. Para isso, você deve comer 12 uvas, uma para cada mês do ano.Aproveite e faça um pedido para cada uma que comer.

Vinho
O vinho é feito de uvas, que por si só já carregam uma significação positiva e otimista. Na passagem do ano, faça um brinde ao ano que nasce e beba o vinho em copos de cristal.

Fontes:
http://www.belasmensagens.com.br/anonovo/significados-dos-alimentos-no-ano-novo-710.html

http://www.ifolclore.com.br/simpatias/anonovo_comidas.htm

http://g1.globo.com/bomdiabrasil/0,,MUL1431075-16020,00-ANO+DE+VAI+SER+DE+MUDANCAS+SEGUNDO+HOROSCOPO+CHINES.html

domingo, 27 de dezembro de 2009

Casa Brasil



Todo dia é dia de feijoada na Casa Brasil mas especialmente aos domingos com o ambiente musical da Praça São Salvador no bairro das Laranjeiras. Se vc chegar de manhã assiste a roda de choro, e à tarde a roda de samba. Na dúvida, fique com as duas, pegue uma caipirinha do Luizinho, uma empada do ambulante e comece a se integrar com o ambiente local.






Quando a fome apertar é hora de passar para a Casa Brasil, recém inaugurada após a compra pela rede de botequins Belmonte. Experimente as empadas abertas ou fechadas como entrada. A feijoada é servida diariamente com tudo a que se tem direito, inclusive uma batidinha de limão. Farta na porção para 1 pessoa, não impressionou no paladar, à exceção do torresminho impecável.




Samba na Praça




Serviço:
Casa Brasil
Rua Senador Correia, 33 - Loja A
Praça São Salvador - Laranjeiras
Tel 21 2205-9394 / 0885 / 9394

R$ 25,00 a Feijoada para 1 pessoa (serve 2)


sábado, 19 de dezembro de 2009

Cardosão

Uma das recompensas por escrever este blog é conhecer as tipicidades da cidade e do Carioca. Foi então que reunimos uma visita à Feira Livre dos sábados em Laranjeiras com uma feijoada no alto do bairro.



Começa assim, primeiro vc para na barraca do Luizinho e pede uma caipirinha de cachaça artesanal, ou vodca, ou saque, conforme a sua praia. Depois vc segue em frente até encontrar uma multidão em busca dos pastéis do Bigode. Finalize comprando itens básicos para seu finde como queijo de coalho, frutas ou até flores para fazer uma média em casa.





Depois de se divertir na feira, é hora de subir a ladeira da Rua Cardoso Junior. Dá para ir a pé, por diversas escadarias, mas se vc estiver de carro vai ser bem melhor. Lá no alto, perto da quadra onde ensaia o bloco Xupa, mas não baba, impera sozinho o Cardosão. "São casas simples, com cadeiras na calçada, e na fachada escrito em cima que é um lar", diria o Chico.




Na prática um armazém, o Cardosão oferece bebidas e petiscos como suas empadinhas participantes do Festival Comida di Buteco. Aos sábados além dos salgadinhos, serve apenas a feijoada, e nada mais. Tem sorvete também. Ponto final. Servida em cumbucas, como achamos que se deva, vem acompanhada de arroz branco, couve mineira, laranja e uma farofa de alho que levantou suspiros da mesa. Vale a subida, vale o programinha do sábado. Faltou um sambinha para conquistar de vez o blog, mas vc pode passar na feirinha na volta e ouvir o chorinho habitual.






Serviço:
Armazém Cardosão
Rua Cardoso Junior, 312 - Laranjeiras
Tel 21 2225-3493
R$ 25,00 a Feijoada (serve 2)
Feira Livre da Rua General Glicério (sábados)
R$ 2,00 a 3,00 o pastel do Bigode
R$ 6,00 a caipirinha de cachaça artesanal do Luizinho

domingo, 13 de dezembro de 2009

Me esquece

Me esquece que hoje é Sexta... era o nome original do bloco quando começou em 2004 com uma turma de amigos que se reunia às 6as feiras em botecos diferentes para celebrar a vida com muito sambinha. Os anos passaram, o bloco cresceu e se organiza previamente com eventos no pré-Carnaval. O Gustavo gentilmente nos convidou para a Feijoada da escolha do Samba 2010.








Este ano o local do evento mudou para a Gávea, no Namastê, vizinho ao Jockey Club. A feijoada foi servida enquanto a Roda de Samba se organizava. Tudo muito cuidadoso na apresentação e no sabor. Senti falta de uma pimenta mas em compensação o torresminho tava lá ! Na próxima melhor seria uma reposição mais rápida devido ao ar condicionado e por favor, talheres de plástico não ! Quem consegue comer sem quebrar o maldito garfinho ?







Os sambas de sucesso rolam solto até o momento da escolha do Samba 2010 baseado no enredo África e acompanhado pela bateria do Mestre Sorriso.





Roda de Samba Me Esquece

Serviço:
Me Esquece
Desfile 31/01/2010 concentrando na Praça Atahualpa, Leblon
Ensaios 10, 17 e 24/01/10
Festa de encerramento 07/02/10
R$ 30,00 Ingresso masculino na festa
R$ 15,00 Ingresso feminino na festa
R$ 10,00 Prato de feijoada
R$ 10,00 Combo 3 cervejas
Dica do blog: divirta-se por mais tempo pagando menos !
O bloco oferece um Kit Carnaval 2010 composto de Camisa + Caneca + Brindes + Ingressos para os eventos ( 3 ensaios e festa de encerramento) + Cerveja a R$ 1,00
R$ 50,00 Foliã
R$ 100,00 Folião
Tel 21 7834-9479 (Zona Sul) / 9100-4849 (Centro) / 2461-0303 (Barra)
Samba Vencedor

Compositores: Bernard Zeitune / Rodrigo Habib
Intérprete: Raphael Siri



Vem de lá
A batucada que embala o meu viver
Mãe África negra
Hoje o tema é você

Povo rico em cultura
Chegou aqui e fez raiz
Com sabor e alegria
Coloriu o meu país

VEM! VEM VER!
TEM CAPOEIRA
JONGO, COCO, IJEXÁ
VEM BRINCAR
VEM PRO ME ESQUECE
DEIXA O SAMBA TE LEVAR

Irmãos que se entendem
Nas palavras, na luta e na fé
Roda mãe baiana e derrama
Em mim seu axé

Mandela
O braço forte pela liberdade
Paz, justiça e igualdade
Por um mundo melhor

Na África do Sul
Quando a bola rolar (QUA! QUA! QUA!)
O meu Brasil vai dar um show
E a gente vai cantar

TENHO A ALMA GUERREIRA (AMOR!)
VESTINDO VERDE E AMARELO (EU VOU!)
UM GRITO SAI DA GARGANTA
- É CAMPEÃO!!!
FESTA EM MEU CORAÇÃO

sexta-feira, 4 de dezembro de 2009

100 posts

Está no cartão: mais de 100 anos de tradição. Seriam 100 anos de Feijoadas ? Voltamos ao Bico Doce para comemorar os 100 posts das Feijoadas Cariocas.



A história deste blog começou quando o carinha do Marketing, o André, insistia em levar para almoçar o carinha da TI, o Daniel. Foi então que num dia nublado o Daniel sugeriu o Bico Doce, tradicional restaurante no Beco das Cancelas, entre as ruas do Rosário e Buenos Aires, e que ele conhecia bem por haver trabalhado ali perto.



O antigo dono era o seu Camello, segundo o escritor e cartunista Jaguar "o tipo ideal de avô da gente, rosado, careca, miúdo, com um bigode branco e gravata borboleta preta". Assim dizia sua crônica Nostalgia emoldurada na parede da uisqueria. Ruy Barbosa e o Barão do Rio Branco foram alguns dos clientes ilustres. Com o falecimento do seu Camello, o Cabral assume o comando do restaurante até setembro de 2007 quando, por dificuldades adversas, encerra sob protestos, as portas do Bico Doce.

"Lá se falava de música e poesia, e também se fazia música e poesia, histórias do Rio eram relembradas com um enorme sentimento nostálgico, chorava-se e sorria-se sempre ao lado dos fiéis amigos e copos de boca larga" comenta o Felipinho em seu blog Boemia e Nostalgia.

Mas o Cabral, guerreiro que é, para a felicidade geral reabre o Bico Doce ali do lado, dobrando a esquina do Beco com a Rua do Rosário. Fazemos então uma singela homenagem do blog comemorando os 100 posts com esta Feijoada histórica.



Além do atrazildo Rodrigoh, estiveram conosco a Rosane, companheira de batucadas diversas e aleatórias e o Padilha do blog Almoçário.




Ao que nos parece estava tudo lá, os garçons, a clientela antiga, o ruído das mesas, a feijoada, a caipirinha e o Cabral no comando. Sentimos falta apenas do ambiente escuro do Beco que gerou uma certa lenda do blog.

Como está hoje...

Como era...



Depoimento depois de comer uma feijoada no escuro. :)

video

Serviço:
Restaurante e Uisqueria Bico Doce
Rua do Rosário, 76
Tel 21 2203-1363 / 3471-5823
Aceita cartões e oferece desconto para pagamento em dinheiro


R$ 29,00 a feijoada para 2
R$ 19,00 a feijoada para 1





Depoimento do Cabral:



A pergunta que não quer calar:
Cabral, cadê a placa da porta ?