sábado, 9 de junho de 2012

Vinho e Feijoada

Através do artigo que escrevi para o site Enoeventos conheci o Adolfo Lima, importador de vinhos portugueses que sugeriu uma harmonização de seus rótulos com a feijoada. Aceitando de pronto e ora pois, sendo a feijoada carioca uma cria da feijoada portuguesa, também o restaurante deveria ser da terrinha. Para abrigar o nosso evento nenhum local mais propício portanto do que o Antiquarius, representante máximo da gastronomia portuguesa na cidade.

Na entrega do prêmio Veja Rio Comer & Beber 2010-2011, devidamente registrado pelo blog, os jurados da revista consideraram esta a melhor feijoada da cidade. Uma mesa no fundo do salão nos aguardava para confirmar o desafio.


Nosso grupo foi composto por Bernardo Gonçalves da Costa e Adolfo Lima, diretores presidente e comercial da importadora Adrimar e Célio Alzer, professor da Associação Brasileira de Sommeliers.

Devidamente instalados e acompanhados pelos sommeliers da casa, Gilson e Lima, iniciamos com o Espumante Brut de Baga, da região da Bairrada, produzido no método champegnoise para acompanhar o couvert de bolinhos de bacalhau e caldinho de feijão.


A grande aposta da tarde era a harmonização com o Espumante Tinto Bruto da Casa de Sarmento. Que venha então a feijoada !


A feijoada do Antiquarius é preparada com 4 dias de antecedência para apurar o gosto das carnes e o serviço limitado a 20 comensais a cada sábado. Ainda bem que chegamos cedo e reservamos a nossa. O serviço é impecável. O prato de arroz, feijão e couve mineira é montado em separado na sua frente e vem acompanhado de filé de javali. As carnes, o torresmo e a farofa são deixadas na mesa em cumbucas. Para repetir algo da sua preferência basta informar ao maître. O caju fatiado faz às vezes da laranja seleta, e traz uma interessante proposta para a limpeza do paladar.

Durante o almoço tivemos a oportunidade de testar a harmonização com o Espumante Tinto da região da Bairrada, o Grande Escolha 2009 da região do Alentejo, ambos da Casa de Sarmento além do Talentu's 2008 da região do Douro produzido pela Quinta Seara d'Ordens.

Costuma-se dizer que não há unanimidade para apreciação dos vinhos, pois além de dependermos de questões físicas, organolépticas, contamos ainda com o gosto pessoal para tal ou qual vinho.

Na minha humilde opinião, gostei muito da harmonização principalmente com o Espumante Tinto que traz além da acidez balanceada uma presença de açúcares que ajudam a conversar facilmente com a feijoada. O Grande Escolha 2009 traz elementos de madeira muito presentes na boca durante e depois e para mim foi uma grata surpresa após uma boa garfada de um pouco de tudo do prato. Sua grandeza se equipara à força e intensidade dos elementos da feijoada e trouxe um equilíbrio para o meu paladar.

Ao final, sabiamente dividimos as sobremesas toucinho do céu e rocambole que foram acompanhadas pelo delicioso e fresco Sarmentinho Branco, vinho frisante da região da Bairrada, que traz a doçura do Moscatel.

Para a correta avaliação do nosso encontro convido nosso professor Célio Alzer a deixar registrado neste post os devidos comentários dos vinhos degustados e sua percepção da harmonização. Assim os amigos enófilos terão uma opinião de muito mais valia.


De minha parte só tenho a agradecer ao Adolfo pela tarde agradabilíssima que tivemos com muitas conversas e estórias sobre as vinícolas, seus produtores, suas regiões, seus restaurantes, sua gastronomia e seu povo. Um grande aprendizado que espero repetir.

Serviço:
Antiquarius
Rua Aristides Espínola, 19 - Leblon
Tel 21 2294-1049

Adrimar Importadora
Av. Presidente Vargas, 633 sala 821 - Centro
Tel 21 2233-4068

Na sequência abaixo, o ambiente, a feijoada e os vinhos.


O toldo amarelo da entrada de janelinhas e a coleção de antiguidades continuam sendo a marca registrada do Antiquarius, restaurante favorito do meu falecido pai com quem costumava frequentar. Na adolescência foi aqui que levei minha namorada para um primeiro jantar romântico a dois. Tudo combinado antes com ela para não passar vexame na hora da conta !

Um comentário:

  1. Que pena que eu perdi essa... Pelo jeito, estava nota 10!

    Abraços.

    ResponderExcluir